Vereadores e secretários discutem solução para população de rua sob risco

Cascavel poderá ter uma regulamentação para lidar com as pessoas em situação de rua, que se encontram em risco devido ao agravamento da pandemia de covid-19. Para discutir o assunto, o vereador Valdecir Alcântara (Patriota) propôs a reunião que aconteceu na manhã desta quarta-feira (17), na Secretaria de Assistência Social, e que contou também com os vereadores Beth Leal (Republicanos), Cleverson Sibulski (PROS) e Mazutti (PSC), além dos secretários Hudson Moreschi (Assistência Social) e Rose Vascelai (Política sobre Drogas e Proteção à Comunidade).

A preocupação dos vereadores é com o grande número de moradores de rua que se acumulam nos semáforos para abordar os motoristas, além da quantidade também crescente de flanelinhas e de indígenas, todos pressionados pela crise econômica gerada pela pandemia. “Nós não somos contrários, mas é preciso ter uma regulamentação por causa do alto risco de contágio que vivemos hoje”, explicou Valdecir Alcântara.

Segundo o parlamentar, muitas pessoas chegam a Cascavel para buscar subsistência nesse momento de pandemia. Ele lembra que em Chapecó (SC) foi aprovado um projeto que prevê um controle nas entradas da cidade para evitar a explosão de contágio decorrente do excesso de pessoas chegando ao município.

Para poder avançar na criação de um projeto de lei em comum acordo entre Legislativo e Executivo, os secretários Hudson Moreschi e Rose Vascelai devem conversar com os todos os vereadores que puderem estar presentes na segunda-feira (22), 15 minutos antes da sessão ordinária. Eles pretendem apresentar um esboço de proposição, que deve envolver também a participação da Polícia Militar.

Foto: Assessoria do Vereador Valdecir Alcântara/CMC

Assessoria de Imprensa/CMC

Relacionadas

Leave a Comment