Transporte coletivo urbano de Cascavel entra oficialmente para a nova fase de mobilidade urbana

Primeiro dia foi de muito trabalho para agentes de trânsito e de transporte da Cettrans e exigiu paciência de passageiros e demais cidadãos

 

A população de Cascavel iniciou hoje (16), oficialmente, uma nova fase de mobilidade urbana. E a transição afeta não apenas os passageiros do transporte coletivo, como também os demais cidadãos da cidade – e visitantes -, o que exigirá paciência, educação no trânsito e um novo comportamento por parte também de motoristas, ciclistas e pedestres.

Este primeiro dia de mudança foi de avaliação por parte dos técnicos da Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito) e das empresas que operam o serviço na cidade, que já trabalham nos primeiros ajustes em alguns horários e itinerários, os quais foram analisados no decorrer das operações de um trajeto a outro realizado desde as 5 horas, quando foram abertos os novos terminais Oeste e Sudoeste, interligando-os com os demais.

Segundo a gerente da Divisão de Transporte da Cettrans, Larissa Boeing, “neste primeiro momento conversamos com a população e analisamos os principais pontos em conflito; já iniciamos alterações nas tabelas e, a partir da próxima semana, elas entrarão em vigor”.

Larissa explica que o sistema está em fase de testes e que este é o momento de acompanhar de perto todo o processo. O objetivo principal é oferecer um transporte de qualidade para a população. “Toda a equipe técnica da Cettrans está mobilizada para que o sistema funcione adequadamente no decorrer dos próximos dias, e  manterá a presença nos terminais, nos ônibus e nas estações das avenidas orientando os passageiros”, acrescentou.

Apoio do Exército

Para dar suporte aos trabalhos, a equipe da Cettrans contou ainda com o auxílio do Exército, que contribuiu nas orientações corpo a corpo dos passageiros que utilizaram terminais e a Estação Catedral. Os soldados passaram por um treinamento durante a semana com a equipe de transporte e de educação de trânsito.

O grupo de Escoteiros de Cascavel também participou, entregando material informativo e chamando a atenção da população que transitava pela região.

Segurança acima de tudo

Para a segurança dos pedestres, ciclistas e motoristas, agentes de trânsito intensificaram a fiscalização na via pública e manterão essa preocupação com ações ao longo das próximas semanas, principalmente nos locais com maior movimento.

Equipes foram posicionadas na Estação Catedral para garantir que pedestres utilizassem a faixa corretamente para realizar a travessia, além de ser instalada uma barreira de proteção com cones, impedindo que o pedestre invada a faixa exclusiva para o ônibus.

Desafio

Ao fim do dia, as equipes reuniram para avaliar todos os trabalhos. Foram analisadas situações como a atualização do sistema de priorização semafórica nas avenidas, com possível alteração em algumas linhas (embasadas nas opiniões de passageiros).

No trânsito foi possível verificar que muitos carros estão parando em fila dupla, isso acaba atrapalhando a fluidez nas duas faixas de rolamento; muitos condutores ainda realizam conversões à esquerda, e vários pedestres atravessam fora da faixa de segurança, o que exige redobrada fiscalização em todos os casos.

“Como o sistema integrado de mobilidade está apenas iniciando os testes, vamos continuar avaliando cada dia e fazendo os ajustes necessários. Temos o desafio de deixar a nossa cidade segura e com um trânsito seguro e fluente em todos os modais”, completou Larissa.

A nova tabela de horários e de itinerários pode ser consultada no site da Cettrans.

(Secom)

Relacionadas

Leave a Comment