Transitar vai intensificar fiscalização de trânsito no fim de semana

Blitze diminuem em 45% o número de acidentes nos fins de semana. Fiscalização também medirá ruídos provocados por escapamentos de motocicleta

As equipes de fiscalização da Transitar, com o apoio da Policia Militar, Guarda Municipal e Secretaria do Meio Ambiente, realizarão operações de trânsito para medição de ruídos, tendo como foco a fiscalização de motocicletas.

Os números demonstram que quando há operações de Trânsito os acidentes diminuem drasticamente nos pontos de bloqueio delimitados em toda a cidade. Corroborando essa informação, a Transitar comparou os dois últimos finais de semana. Nos dias 23 e 24 de abril, com a realização de operações, foram registrados 12 acidentes, enquanto no último fim de semana, nos dias 30 de abril e 1º de maio, não foram realizadas operações de fiscalização e, consequentemente, foram registrados 22 acidentes.

As autuações vão desde carteira vencida, dirigir sem CNH, carros modificados fora dos padrões permitidos, dirigir embriagado, entre outras. O aumento do número de acidentes em períodos onde não há operações de fiscalização chega a 85% e demonstra a contribuição das blitze para um trânsito seguro.

Uma das infrações mais comuns são aquelas relacionadas a condutores sem habilitação ou com irregularidade na CNH. Segundo a presidente da Transitar, Simoni Soares, na operação Carnaval Seguro essas infrações representaram 49,13% das autuações, situação que se repetiu na operação Toque de Recolher, realizadas entre os dias 26 de março a 1º de abril quando essas infrações representaram um percentual de 49% do total de autuações. “A falta de responsabilidade dos condutores ainda é o maior desafio para um trânsito seguro”, pontua Simoni.

O Órgão de Trânsito Municipal tem organizadas as ações conforme demandas encaminhadas pela comunidade em pontos de maior tráfego e, consequentemente, maior número de acidentes. “A população têm nos solicitado cada vez mais a realização de blitz, pois é notório que a fiscalização habitual reduz os excessos dos condutores no trânsito com maior efetividade”, explica Simoni.

Para as operações a Transitar conta com o apoio da Polícia Militar, Guarda Municipal e, quando necessário, outras secretarias, como é o caso da Secretaria Municipal do Meio Ambiente para a realização das operações para medição de ruídos.

Foto e Texto: Secom Cascavel

Relacionadas

Leave a Comment