Transitar atende pedidos da população e aumenta a operação presença nos bairros

Objetivo é coibir o excesso de velocidade em vias com elevado número de acidentes, incentivando mudança de comportamento
Visando atender à solicitação da comunidade nos bairros, onde o excesso de velocidade ainda é o principal causador de acidentes graves e gravíssimos, a Transitar está ampliando a presença de agentes em diversas regiões da cidade. As ações tiveram início nesta manhã (22) pela Avenida das Pombas e seguirão de forma rotineira em mais de 22 pontos da cidade, onde agentes permanecem algumas horas no local com cones, organizando o tráfego de veículos, de forma a orientar para que os condutores transitem na velocidade máxima permitida para a via.

“Embora o intuito não seja punir o cidadão e sim, estimular a mudança de comportamento na via pública, o agente como autoridade de trânsito – caso flagre alguma irregularidade durante a operação – deve por dever de ofício lavrar o auto de infração de trânsito e aplicar a medida administrava, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro e as demais normas vigentes na legislação brasileira”, explica a presidente da Transitar, Simoni Soares.

O objetivo, segundo o encarregado do setor de Fiscalização de Trânsito, Walmir de Paula, é o de trabalhar no sentido de preservar a vida no trânsito. Para isso, foram mapeados pelo menos 22 pontos com maior índice de ocorrências e de pedidos da comunidade, feitos por meio de denúncias à Transitar; também foram considerados dados do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, que são os órgãos que atendem sinistros com vítimas.

Alguns pontos mapeados

– Avenida das Pombas;

– Rua Ipanema;

– Binário Kennedy x Rua Flamboyant;

– Rua Antonina x Rua Piquiri;

– Rua Minas Gerais x Antônio Alves Massaneiro;

– Avenida Rocha Pombo x Avenida Brasil;

– Avenida Papagaios x Altemar Dutra;

– Rua Universitária x Cardoso x Volochem;

– Rua Gandhi x Santa Cruz;

– Rua Itália x Rua Áustria;

– Rua Xavantes x Rua Tamoyos;

– Rua Xavantes x Tupis;

– Avenida Papagaios x Maracaí;

– Rua Europa x Vinícius de Moraes

Além desses locais, outros cruzamentos críticos já estão no roteiro, que é flexível ainda a demandas de órgãos de fiscalização ou de denúncias no canal de Ouvidoria da Fiscalização de Trânsito pelo WhatsApp (45) 99135-5207, todas visando, principalmente, à redução de velocidade na via.

Mais conscientização e menos multas

Este novo modelo de gestão da Transitar, que trabalha com ênfase no tripé educação-engenharia de trânsito e fiscalização, já reflete numa mudança de comportamento nas vias, resultando numa redução de 37% nas multas em Cascavel.

Foto e Texto: Secom Cascavel

Related posts

Leave a Comment