Temporal nunca visto antes mata multidão

Apenas a família de um homem conseguiu escapar do temporal misterioso

Uma chuva torrencial que durou quarenta dias deixou um número incontável de mortos. A quantidade de água que caiu sobre o Planeta Terra deixou submersos os mais altos montes.

Segundo o que foi apurado, apenas uma família, que tinha como patriarca um homem chamado Noé, conseguiu escapar do dilúvio. Para isso, eles construíram uma grande barca que flutuou nas águas. Milhares de animais também morreram devido a chuva em excesso.

O que chamou a atenção é que na barca construída por Noé estavam sete casais de animais de cada espécie que também escamparam das chuvas torrenciais. Só para se ter uma idéia da intensidade da chuva, somente 150 dias depois o volume de água começou a baixar. As pessoas que morreram durante a grande enchente poderiam ter escapadas com vida caso ouvissem o que Noé havia lhes falado e deixado suas maldades de lado.

A reportagem apurou que a destruição aconteceu porque Deus ficou enfurecido com a maldade das pessoas. “Resolvi acabar com todos os seres humanos”, disse Deus. Apenas Noé era uma pessoa de boa índole. Obedecendo a ordem de Deus, Noé, o primeiro marinheiro que se tem notícia, construiu a grande barca que salvou sua família.

Depois que parou a chuva, ele usou animais para saber se poderia sair da barca com segurança. A barca parou no monte de Ararate. Inicialmente ele soltou um corvo que ficou voando de um lado para o outro até que a água secasse. Depois ele soltou uma pomba, mas como ela não achou lugar para pousar retornou para a arca.

Sete dias depois ele soltou a pomba novamente. A ave retornou no finalzinho da tarde trazendo no bico um galho verde de oliveira. Com isso ele percebeu que a água havia baixado. Uma semana depois novamente ele soltou a pomba e então ela não mais retornou. Foi então que ele abriu a cobertura da arca e viu que a terra estava secando.

Relacionadas

Leave a Comment