Canibalismo: mulher é suspeita de cozinhar e comer o próprio filho

Um caso de canibalismo na cidade de Samaria comoveu centenas de pessoas em toda a região. Uma mulher matou, cozinhou e comeu o próprio filho em companhia de outra mulher. Os nomes delas não foram divulgados pelas autoridades. O ato extremo aconteceu devido a fome que assola a cidade depois que o exército sírio, comandado pelo rei Ben-Hadade, declarou guerra contra Samaria. Cercados e sem poder deixar a cidade, em pouco tempo a escassez tomou conta e os alimentos desapareceram das prateleiras. O pouco que restou passou a ser vendido…

Leia Mais