Serviços de limpeza do aeroporto e da rodoviária serão pagos conforme a utilização

Contrato é emergencial e temporário, até que o novo processo licitatório para terceirização do serviço seja concluído
A Transitar, por meio da Divisão de Planejamento, Gestão e Finanças, publicou hoje (5) no Diário Oficial do Município o extrato do contrato com a empresa terceirizada que está prestando, desde 31 de dezembro, os serviços de limpeza, higienização e conservação do Aeroporto Municipal de Cascavel e do Terminal Rodoviário Dra. Helenise Pereira Tolentino, ambos administrados pela Autarquia. A súmula do processo já havia sido publicada dia 30 de dezembro de 2020.

A contratação prevê a utilização máxima de 15 profissionais para o aeroporto e de, no máximo de 10 profissionais para o Terminal Rodoviário. De acordo com a gerente da Divisão de Planejamento, Gestão e Finanças da Transitar, Luciane Vidal, o contrato estipula um valor máximo de R$ 707.925.60 para o período de seis meses, mas os pagamentos serão realizados somente de acordo com o número de profissionais efetivamente utilizados, não podendo ultrapassar o valor máximo mensal de R$ 176.981,40.

“Hoje a Transitar enfrenta deficiência de recursos humanos para atender adequadamente esses espaços, devido ao grande número de aposentadorias de zeladores durante o processo de transição”, explica Luciane.

Na contramão da redução de zeladores, aumentou a demanda de serviços devido tanto à ampliação da estrutura aeroportuária – com aumento do terminal de passageiros de 800m² para 6 mil m² – quanto ao término do contrato com a Cotema, que até julho de 2020 administrava a rodoviária. Com isso, o terminal rodoviário também passou a ser administrado pela Transitar, demandando limpeza 24 horas por dia.

Por se tratar de serviços essenciais e indispensáveis para o conforto e a qualidade na recepção de passageiros das diversas regiões do País e do exterior que utilizam esses espaços, optou-se pela contratação emergencial para suprir os serviços até que o novo processo licitatório para terceirização da limpeza seja concluído.

Terminais

Com a terceirização dos serviços de limpeza, a Transitar conseguiu regularizar a higienização dos terminais de transbordo com o quadro próprio, mantendo 8 horas diárias de atendimento, das 12h às 21h.

Foto e Texto: Secom Cascavel

Relacionadas

Leave a Comment