Reunião discute criação da Casa do Migrante

Proposta foi discutida pela Cáritas, organização ligada à Igreja Católica, em reunião que teve a participação de representes do governo municipal e Polícia Federal
O vice-prefeito de Cascavel, Renato Silva, o chefe de Gabinete, Thiago Stefanello e o secretário de Assistência Social, Hudson Moreschi, participaram de uma reunião, nesta terça-feira (27), para discutir a questão migratória em Cascavel. O encontro teve ainda a participação do padre Reginei Módolo (Pe. Zico) e o delegado da Polícia Federal, Everton de Oliveira Manso, além de representantes da Cáritas, organização ligada à Igreja Católica.

Além de debater a política da pessoa migrante, o encontro discutiu, pela primeira vez, a possibilidade da criação de uma Casa do Migrante em Cascavel. De acordo com Hudson, o fenômeno dos fluxos migratórios foi potencializado pela pandemia, já que muitas pessoas estão em constante mudança em busca de uma oportunidade melhor de vida.

“A nossa cidade, como uma cidade potencial que é na geração de emprego e renda, acaba atraindo muitas pessoas e, atraindo pessoas, temos uma demanda que precisamos atender”, explica Hudson.

Foto e Texto: Secom Cascavel

Relacionadas

Leave a Comment