Ratinho instala sede do governo em Cascavel e diz que cidade é referência em gestão

Em dia histórico, governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou a transmissão ao vivo das licitações do Estado, segundo o exemplo implantado por Paranhos em Cascavel

Em ato na porta de entrada da Prefeitura de Cascavel, na manhã desta quinta-feira (7), o governador Carlos Massa Ratinho Junior transferiu, oficialmente, a sede do Governo do Estado de Curitiba para Cascavel. De acordo com pesquisa feita junto ao Diário Oficial do Estado, o único registro encontrado da transferência de sede do governo foi em 1894, para Castro, no famoso “Cerco da Lapa”, no histórico confronto entre os “maragatos” e os “pica-paus” (federalistas).

Ao recepcionar o govenador, após as palavras iniciais de boas-vindas proferidas pelo deputado estadual Coronel Lee, que representa Cascavel junto ao Governo do Estado, além de agradecer Ratinho Junior, o vice-governador Darci Piana e toda equipe do governo estadual, o prefeito Leonaldo Paranhos disse que “esta não é uma visita festiva, mas uma reunião de trabalho”. Paranhos destacou que enquanto o governador oficializava a transferência da sede do governo, vários secretários municipais, juntos com as equipes do Estado já estavam trabalhando. “Visitas em escolas, em unidades de saúde, visitas da Secretaria da Família com a Assistência Social. É um dia de trabalho como se fosse lá em Curitiba. Hoje somos a capital do Estado”, destacou.
Paranhos destacou ainda que Cascavel vive um momento diferente e a transferência da sede do governo já no início da gestão “é um gesto que nos engrandece muito”. “Nosso governo é muito simples. É um governo que decidiu abrir a Prefeitura para discutir com toda a sociedade. É um governo que tem como prioridade absoluta o combate à corrupção. Nosso governo não tem uma mancha de corrupção porque nos determinados a fazer isso”, disse, observando “tive muito cuidado ao pleitear isso porque não é apenas Cascavel, mas a vinda do governo aqui contempla toda a Região Oeste. É um feito inédito para Cascavel e para as 31 edições do Show Rural Coopavel que é um evento que transcende a questão da agricultura e da tecnologia e traz relacionamento e motivação para o país”.

Ao finalizar seu pronunciamento, Paranhos afirmou que, junto com a organização do Show Rural, Cascavel está apresentando às autoridades “tudo aquilo que produzimos e o que significamos e, de forma muito respeitosa, apresentar as nossas necessidades”. E, segundo ele, “essa não é uma cobrança meramente política. Não! Estamos dizendo ao Governo do Estado e ao Governo Federal que queremos ajudar a resolver os nossos gargalos”. E completou: “Não queremos ficar numa arquibancada cobrando e esperando as coisas acontecerem. O Oeste é uma região responsável, produtora e que quer continuar dando a contribuição. Então, governador, cada centavo que o senhor colocar em Cascavel será muito bem cuidado e vamos prestar contas de todos os milhões que forem colocados aqui”.

“Exemplo em várias áreas”

Ratinho Junior afirmou que Cascavel “é uma cidade extremamente importante para o desenvolvimento do Oeste e também do Paraná”. O governador afirmou que a transferência da sede do governo para Cascavel é uma “gestão de trabalho”, com todos os secretários estaduais atendendo uma intensa agenda de compromissos durante os dois dias do governo em Cascavel.

O governador afirmou que “Cascavel tem sido exemplo em várias áreas e temos tido a humildade de buscar bons exemplos em gestões não só no Paraná, também fora”. Um dos exemplos citados pelo governador é a transmissão ao vivo das licitações pela internet. “É algo que já é feito em Cascavel, feito pela gestão Paranhos, e essa ideia trouxemos para o nosso plano de governo e daqui a alguns dias vamos anunciar para trazer transparência”.

Ratinho anunciou para depois do Carnaval a divulgação de um balanço sobre o enxugamento da máquina e as revisões dos contratos do Estado e as diversas ações que geraram grande economia aos cofres públicos. No encerramento do seu pronunciamento, Ratinho Junior afirmou que “Cascavel é hoje uma grande referência de gestão pública no país”, concluiu.

Primeiro Ato

E o primeiro ato de Ratinho Junior em Cascavel foi a assinatura do convênio entre a Polícia Militar e a Prefeitura de Cascavel, para o curso de formação de mais 73 novos guardas municipais. A partir da assinatura, iniciam os encaminhamentos para o início das aulas, ainda sem data definida.

 

Related posts

Leave a Comment