Quando a Igreja rejeita, Deus levanta ministérios paralelos

Por Luiz Carlos da Cruz

Ao longo da história, parte da Igreja Evangélica tem cometido equívocos quanto a interpretações bíblicas, o que levou muitas pessoas a se afastarem até mesmo do Evangelho. Cresci em uma igreja que, na minha época de criança, condenava a prática de esportes, como se fosse algo abominável aos olhos de Deus. Também ouvia muitas pregações que nos induziam a pensar que o céu é um destino de paz e alegria apenas para os pobres, pois aos ricos “é mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus”.

Confesso que nunca consegui entender essas pregações. Não entendia como Deus teria enviado seu Filho para morrer apena pelos pobres. Mesmo criança, com meus oito ou dez anos, buscava uma resposta na Bíblia e sempre que fazia isso, entendia que as pregações eram equivocadas.

Os equívocos doutrinários, claro, não diminuem a importância dos pregadores que tinham essa visão um pouco distorcida do Evangelho. Eram homens de Deus e, muitos deles, mudaram sua maneira de pensar, provavelmente lendo as escrituras. Confesso que todos, mesmo com seus equívocos, até hoje são, de certa forma, referências para a minha vida cristã.

Com o passar do tempo percebi que Deus permitia esses equívocos para mostrar que Ele é Soberano em tudo. Enquanto a igreja rejeitava certas práticas, Deus levantava ministérios paralelos para evangelizar profissionais que, na visão da Igreja da época, não agradavam a Deus.

Enquanto a Igreja pregava que ricos dificilmente entrariam no Reino Celestial, Deus levantava homens para pregar o evangelho para empresários e profissionais liberais. E foi assim que surgiu Adhonep (Associação de Homens de Negócios do Evangelho Pleno), uma instituição que tem levado milhares de pessoas a conhecer a Verdade divina.

Em outra ponta, enquanto a Igreja dizia que esporte não era condizente com a vida de um cristão, Deus levantava a organização Atletas de Cristo, que leva o amor de Deus para os campos de futebol e outras modalidades esportivas.

Luiz Carlos da Cruz é jornalista

E assim sempre será! Toda a vez que o homem tentar limitar o Evangelho, Deus levantará ministérios paralelos, pautados nos preceitos bíblicos, para provar que Cristo veio para todos. É bem verdades que muitos ignoram ou rejeitam a Verdade de Cristo, mas cada um dará conta de si mesmo.

A Deus toda a honra, toda a glória e toda a adoração! Sempre!

Related posts

Leave a Comment