Perseverance pousa em Marte nesta quinta-feira. Acompanhe

Rover da Nasa tem mais equipamentos tecnológicos para aumentar conhecimento geológico do planeta e procurar sinais de vida antiga

Falta pouco para que a sonda da Nasa, agência espacial dos Estados Unidos, coloque o veículo exploratório Perseverance no solo de Marte. A operação vai acontecer ainda nesta quinta-feira (18/2). A expectativa é grande por causa da tecnologia desenvolvida para o rover e o local que ele vasculhará.

A Perseverance ficará em uma região conhecida como Cratera de Jezero, local que um dia já foi o delta de um rio. E com equipamentos nunca usados antes em território marciano.

O rover tem, além de várias câmeras, agarras para recolher amostras de material e um laboratório para analisá-los in loco, microfones. E isso que fará a diferença para cientistas do mundo inteiro.

Acompanhe o pouso da Perseverance:

Assim, os seres humanos “ouvirão” pela primeira vez os sons de Marte. O instrumento se chama SuperCam. Além de uma câmera de alta definição, dois microfones são acoplados com objetivos de ciência e engenharia.

No primeiro caso, a gravação analisará barulhos de ventos e tempestades, além de possível ruído ambiente do planeta. Um aparelho laser vai “explodir” rochas e outros materiais, que também poderá ser ouvido. Isso é importante para saber a composição do terreno.

Pela parte da engenharia, o som captado do próprio rover vai ajudar a diagnosticar problemas da Perseverance.

O “robozinho” tem a principal missão de conhecer mais sobre a geologia de Marte, mas também servirá para procurar sinais de vida antiga. Ele pesa cerca de uma tonelada, com três metros de comprimento, 2,7 m de largura e 2,2 m de altura.

Foto: NASA/JPL-Caltech

(Metrópoles)

Relacionadas

Leave a Comment