Patrulha Ambiental realiza abordagem de “atravessadores” do Programa Reciclar é Preciso

Guardas municipais encaminharam à sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente um caminhão que coletava de maneira irregular os recicláveis

Nesta segunda-feira (26), os guardas municipais que atuam na Patrulha Ambiental abordaram um caminhão transportando materiais recicláveis. O fato ocorreu na Rua Áustria, no Bairro Cascavel Velho.

A atividade da forma como foi flagrada é considerada irregular pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema), pois há uma rede de Ecopontos, responsável pelo trabalho de coleta seletiva na cidade, dentro d Programa Reciclar é Preciso. Neste mês de abril, várias ações foram realizadas com intenção de fomento e incentivo a coleta de materiais, com orientações à população sobre como proceder corretamente com a destinação do lixo reciclável dentro do Programa.

“A Patrulha Ambiental tem feito a abordagem de todos aqueles que trabalham com material reciclável. Essas pessoas devem comparecer à sede da secretaria para receberem as orientações sobre como regularizar a atividade que desempenham”, explicou o diretor do Departamento de Conservação Ambiental e Bem-Estar Animal, Ailton Lima.

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente está respaldada na Lei 12.305 de 2010 que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos. A legislação garante ao município organizar o destino dos materiais recicláveis provenientes da coleta seletiva.

“Os materiais que estão dentro dos sacos de ráfia são de responsabilidade do Programa Reciclar é Preciso. Todo material é encaminhado às cooperativas cadastradas e instaladas nos Ecopontos o que garante a função social do resíduo, que é triado por famílias cooperadas garantindo renda!”, acrescentou Ailton.

Os trabalhadores de materiais recicláveis não cooperados devem procurar a Secretaria Municipal do Meio Ambiente para receber as orientações. A sede da secretaria está na Avenida Rocha Pombo, 3000, ao lado do Lago Municipal.

 

Patrulha Ambiental

De acordo com os guardas municipais da Patrulha Ambiental, diariamente de cinco a 10 abordagens são realizadas pelas ruas do município. A fiscalização é direcionada à denúncia de maus tratos a animais, descarte irregular de resíduos da construção civil e de pessoas não cadastradas para o recolhimento de materiais recicláveis.

Para denunciar ligue 153.

Foto e Texto: Secom Cascavel

Relacionadas

Leave a Comment