Pastor se recupera da Covid-19 após oração de enfermeiras: “Experimentei o milagre”

Três anos atrás, o pastor Zach Miller, de 42 anos, sonhou que estava em um quarto amarelo, preso em uma cola, e acordou questionando a Deus o significado. Ele sentiu o Espírito Santo dizer que ele saberia no tempo certo.

Em 12 de janeiro de 2021, ele acordou no mesmo quarto de seu sonho no Hospital Mercy em Fort Smith, em Arkansas (EUA), e a cola era um quadro grave de Covid-19. Ele gritou o Salmos 118:17 — “eu viverei e não morrerei” — e creu que teria vitória sobre a doença.

A jornada de Zach começou em 19 de dezembro com uma tosse. Os sintomas foram se agravando e, em 27 de dezembro, ele foi internado com o diagnóstico de Covid-19 e uma pneumonia dupla.

Zach, que é pastor da Crossing Church, no Texas, usou seu celular para se conectar com a família, amigos e pedir orações. Ele apresentava melhoras, até que, em 30 de dezembro, seu quadro se agravou.

Enquanto o pastor foi transferido para a UTI, sua esposa, Mandy, tinha que tomar a difícil decisão de permitir que o marido fosse intubado ou não, e instruiu a equipe médica a fazer o que fosse necessário.

Ao conversar com o marido por vídeo chamada, ela sentiu medo em seus olhos. “Deus vai cuidar de você”, disse ela a Zach. Fraco, ele respondeu com um polegar para cima.

Nos dias seguintes, a família e a igreja de Zach fizeram reuniões de intercessão e adoração pelo FaceTime e Zoom. Os médicos não tinham esperança de melhora, mas as más notícias se transformaram em pedidos de oração.

A igreja passou a orar e jejuar com pedidos de oração específicos, de acordo com o quadro de saúde de Zach. Mandy estava atenta a cada atualização, mas estava tomada pelo medo. Até que ela sentiu Deus dizer que ela deveria dar um passo atrás e ver o quadro maior.

“Deus me deu força para orar quando eu não sabia que poderia”, diz Mandy à AG News. “Se eu estivesse orando, na Palavra, ouvindo adoração, não teria medo. Deus deu aos meus filhos a força para orar”.

Uma das enfermeiras estava expressando muito pessimismo sobre o prognóstico de Zach. Isso levou Mandy a orar: “Senhor, envie uma enfermeira que vai declarar vida sobre o Zach naquele quarto”. No dia seguinte, outra enfermeira entrou em contato com a família e atendeu ao pedido de deixar músicas de adoração tocando o tempo todo.

Em 10 de janeiro, em um culto de domingo, o líder de louvor da Crossing Church escolheu canções especificamente para Zach e a pregação foi sobre fé. Durante o sermão, Zach foi tirado do ventilador que o mantinha vivo há 11 dias na UTI.

Quando Zach foi transferido para um quarto, depois de 19 dias de internação, duas enfermeiras o visitaram. Elas já tinham visto muitas mortes por Covid-19 e ficaram impressionadas ao ver Zach sair do ventilador sem precisar fazer traqueostomia.

As enfermeiras fizeram uma oração sobre o prontuário de Zach, intercedendo por sua condição e pedindo que Deus o poupasse. Hoje Zach está em casa, mas no hospital ainda é visto como um verdadeiro milagre.

“Em nossa fidelidade, experimentamos o milagre”, diz Zach. “Isso aconteceu para que outros tivessem esperança e conhecessem a fidelidade de Deus”.

(As informações são do Portal Guia-me)

Related posts

Leave a Comment