Novo modelo do contrato de lixo volta a ser discutido

No encontro, foi decidido que será contratada uma assessoria que irá orientar a comissão sobre o modelo de contrato para prestação de serviço de limpeza urbana e coleta de resíduos

A Comissão de Estudo criada para discutir as questões ligadas ao novo modelo de contrato de lixo esteve reunida na tarde desta sexta-feira (12) na Prefeitura de Cascavel. No encontro, foi decidido que será contratada uma assessoria que irá orientar a comissão sobre o modelo de contrato para prestação de serviço de limpeza urbana e coleta de resíduos.

O Termo de Referência apresentado durante a reunião indicou a necessidade dessa consultoria para orientar a comissão. Segundo o secretário de Meio Ambiente, Nei Haveroth, o trabalho da assessoria deverá levar em conta que o Município busca “um contrato transparente que leve a uma coleta sustentável, com economicidade e traga benefícios beneficio socioeconômico para o Município de Cascavel.”

A assessoria especializada irá realizar o estudo sobre os itens necessários que devem fazer parte do novo modelo de contrato do lixo. A coleta deve atender a responsabilidade sustentável como: separação do lixo organico do reciclável, recebimento do resíduos, compostagem do material, conservação e limpeza de praças, parques, além da varrição em todo o perímetro urbano do município.

A comissão é formada por membros do Ministério Público, Secretaria de Saúde, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Fundetec, Unioeste, Instituto Água e Terra (IAT), Procuradoria Jurídica do Município, Itaipu Binacional e Associação dos Jornalistas de Cascavel.

Related posts

Leave a Comment