Motociclista: “No trânsito, sua responsabilidade salva vidas”

Operação Moto Segura abriu hoje (9) a campanha 2021 de educação no trânsito em Cascavel

Clique para ver todas as Imagens

“No trânsito, sua responsabilidade salva vidas” é o tema básico para as campanhas de trânsito deste ano, conforme a definição do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para as ações que visam evitar sinistros e conscientizar a sociedade para mais vida nas vias. E essa é justamente a meta da Transitar, que abriu nesta manhã (9) as atividades educativas de 2021 reforçando a conduta segura de motociclistas, com a Operação Moto Segura.

A abordagem foi realizada em frente ao Departamento de Trânsito, na Rua Erechim. Durante uma hora, agentes de trânsito orientaram para a importância de respeitar as regras para a condução de motocicletas, com foco principalmente em motofretistas, uma categoria que cresceu em demandas durante a pandemia e se viu fragilizada com aumento de óbitos pela violência das ocorrências.

“Estamos preocupados em preservar a vida e, este é um trabalho conjunto, que envolve a responsabilidade de todos que estão na via pública e que requer a prática do respeito, da empatia e, acima de tudo, da responsabilidade em seguir as regras e as leis de trânsito, o que é fundamental para garantir que todos possam circular com mais segurança, reduzindo os riscos de sinistros e, em caso de ocorrências, que elas possam ser de menor gravidade, sem risco à vida”, detalha a encarregada do setor de Educação de Trânsito da Transitar, Luciane de Moura.

“Vamos nos cuidar mais, pessoal”

Hélio Szimcziki passou pela abordagem e deixou um recado para a categoria de motociclistas, da qual faz parte: “Pessoal, vamos nos cuidar mais!” Ele contou que já sofreu acidentes e, a recuperação foi difícil, por isso acha importante a precaução. “Quem tem de se cuidar é quem está em cima de duas rodas, pois quem está no carro está mais protegido. Essa orientação da Transitar é muito importante, porque relembra alguns cuidados, e incentiva o pessoal a prestar mais atenção, prevenindo acidentes, pois eles ocorrem num momento e, depois, para se curar demora muito”.

Não assuma o risco

Uma moto segura requer cuidados básicos com a velocidade compatível com a via; ver e ser visto; não utilizar o celular ou álcool ao pilotar; cuidar de si e dos outros e utilizar capacete e demais equipamentos obrigatórios.

Ao cultivar essas atitudes saudáveis no trânsito, deixa-se de assumir o risco para tomar ações de prevenção. “Essas são atitudes de motociclistas conscientes, que precisamos incentivar e cultivar. Mas os demais veículos também precisam respeitar as motos, que sãos mais vulneráveis”, explica Luciane, reforçando que todos devem cultivar bons hábitos de educação e empatia na via pública.

Todos os modais

As campanhas da Transitar enfocam todos os modais de trânsito, visando orientar para todo tipo de situação nas vias. “Num momento você pode estar num veículo, noutro como pedestre, ciclista ou motociclista. A vida é dinâmica e precisamos estar preparados para saber como lidar em cada situação, respeitando para ser respeitado”, finaliza a educadora de trânsito.

Foto e Texto: Secom Cascavel

Relacionadas

Leave a Comment