FC Cascavel entrega 20 cestas básicas à Assistência Social de Toledo

O gol marcado por William Gomes, aos 16 minutos do primeiro tempo, não foi o único que o Futebol Clube Cascavel (FCC) marcou recentemente em terras toledanas. O clube da cidade vizinha realizou na manhã desta quarta-feira (31) a entrega de 20 cestas básicas em favor da Secretaria Municipal de Assistência Social e Proteção à Família (SMAS).

A doação é um gesto de agradecimento pela cessão do Estádio 14 de dezembro para o confronto ocorrido no último dia 14 pela primeira rodada do Campeonato Paranaense contra o Paraná Clube. Atual líder do estadual, com nove pontos ganhos em três partidas (100% de aproveitamento), o FCC ganhou o confronto por 1 a 0, ocasião em que a Prefeitura de Cascavel não permitiu a realização da partida no Estádio Olímpico Regional.

Carinhosamente chamada de “Serpente Aurinegra” pela sua torcida, o clube, por meio de seu diretor financeiro Renato Bueno, formalizou a entrega em ato realizado na Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito. Participaram do encontro o prefeito em exercício Ademar Dorfschmidt; a secretária de Esportes e Lazer, Marli Gonçalves da Costa; a secretária de Assistência Social e Proteção à Família, Solange Fidelis; o vereador Gabriel Baierle; e o diretor esportivo do Toledo Esporte Clube, José Valdir Ortiz.

Bueno agradeceu o apoio do Município de Toledo em um momento crucial. “Temos três competições importantes nesta temporada, sendo que duas estão acontecendo simultaneamente. Se tivéssemos que adiar esta partida, teríamos um sério problema lá na frente para encaixar este compromisso com o Paraná no calendário”, explica. “Sabemos que existe uma rivalidade muito grande entre Cascavel e Toledo, mas ela é limitada pela disputa nas quatro linhas. Saindo dali, existe uma grande amizade e parceria”, destaca.

Ademar agradeceu o FCC pela doação das cestas básicas. “É um ato grandioso que vai beneficiar 20 famílias de Toledo, uma parceria extracampo em que todos ganham. Dessa forma, o governo municipal se coloca à disposição da equipe para ajudar no que for preciso e possível”, salienta. Solange também demonstrou gratidão pelo gesto do FCC. “Nosso muito obrigada ao clube, pois colabora para um serviço cuja demanda, que já é grande, tornou-se ainda maior neste momento em que a pandemia afeta a economia, e principalmente a vida das famílias de menor poder aquisitivo”, sublinha.

Marli observou que esta parceria é antiga. “Entre 2013 e 2016, quando fui secretária pela primeira vez, estes gestos de apoio mútuo aconteceram diversas vezes e poderá acontecer muito mais à medida que fortalecermos este laço”, pontua. Baierle, que intermediou o pleito do FCC junto ao poder público municipal, falou da necessidade de Cascavel e Toledo se integrarem cada vez mais, a começar pelo futebol. “O Legislativo trabalha para que estes municípios sejam cada mais unidos para que juntos consigam conquistas muito maiores que conseguiriam caso estivessem lutando separadamente”, relata.

Ortiz, que representou o presidente Carlos Eduardo Dulaba, que está em viagem para Cianorte acompanhando o Toledo Esporte Clube na partida que fará hoje, às 16 horas, contra a equipe da casa, pela 5ª rodada do campeonato estadual, destacou a boa convivência entre as duas equipes fora das quatro linhas. “Nos espelhamos muito no exemplo do FCC, que também já buscou inspiração nas nossas experiências bem-sucedidas. Buscamos montar equipes altamente competitivas, mas esse clima fica só dentro de campo. Quando o árbitro apita o fim do jogo, somos amigos e nos ajudamos sempre que possível”, avalia.

Foto e Texto: Secom Toledo

Relacionadas

Leave a Comment