Dr. Lauri defende concessão do Estádio Olímpico para promover geração de renda

Na tribuna da sessão da última terça-feira (18), o vereador Dr. Lauri (PROS) defendeu a concessão do Estádio Olímpico Regional através do modelo PPP (parceria público-privada) como uma alternativa para gerar empregos no município e renda para a prefeitura e empresários envolvidos.

Conforme levantamento feito pelo parlamentar, o Estádio Olímpico Regional Arnaldo Bussato custa ao município em torno de R$ 25 mil por mês, assim como o autódromo. “Os eventos esportivos são fortes na nossa região e estimulam o turismo e o desenvolvimento econômico”, afirmou Lauri. À medida que os torcedores têm opções de lazer que unem conforto e segurança, maiores são as possibilidades de eles prestigiarem outros espetáculos em um estádio, como shows musicais, beneficiando outros estabelecimentos (bares, restaurantes, hotéis) com a chegada de clientes.

O vereador acredita que “para isso se tornar realidade, uma medida interessante é o investimento em concessões e PPPs em estádios de futebol”. As parcerias público-privadas são contrato de prestação de serviços de médio e longo prazo (de cinco a 35 anos) firmado pela Administração Pública e regulado pela Lei nº 11.079/2004, cujo valor não seja inferior a vinte milhões de reais, sendo vedada a celebração de contratos que tenham por objeto único o fornecimento de mão-de-obra, equipamentos ou execução de obra pública.

Foto: Flavio Ulsenheimer/ Assessoria CMC

Assessoria de Imprensa/CMC

Relacionadas

Leave a Comment