Córrego Bezerra sofre com poluição e descarte de lixo e entulho

Há seis meses o município e parceiros fizeram uma grande ação de limpeza no local. Sete caminhões de lixo e entulho foram retirados 
O Córrego Bezerra é um importante manancial que nasce próximo ao Hospital Universitário, corta todo o bairro Santa Cruz e o Ecopark Oeste e desagua no Rio São Francisco. O córrego margeia ruas como Tupis, Maxacalis e Ciro Bocaneve  e o problema está justamente nesses pontos: A falta de conscientização da população que descarta nesta área verde todo tipo de lixo e entulho.“ No ano passado, em setembro, nós  fizemos uma grande ação  de limpeza e conscientização dos moradores neste local. Retiramos sete caminhões caçamba de lixo e entulho, deixamos tudo limpinho e os moradores se comprometeram em cuidar. Voltamos hoje e  a situação  é degradante. Tudo poluído”, desabafou o fiscal da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Vanderlei Inácio Marques

No local foram plantadas, à época, trinta mudas de árvores nativas. Nenhuma sobreviveu  a ação dos vândalos. Restaram apenas as estacas. “É uma pena porque esta área poderia ser cuidada e desfrutada por toda a população do seu entorno, de forma consciente e responsável. Muito provavelmente vamos te que fazer nova ação de limpeza e plantio nesta área, mas nada vai adiantar se  os moradores não se conscientizarem e cuidarem. Temos que empodeirar estas pessoas, dar a elas condições de ser vigias da natureza”, falou o presidente da ONG Amigos dos Rios, Anotonio Marcos Nogueira.

Valdir  dos Santos é morador do bairro e disse que tentou por vezes manter  parte  do fundo de vale limpo, mas não deu conta pela falta de conscientização das pessoas. “Eu  limpei, retirei todo o entulho, plantei uma horta, mas quando acordava no dia seguinte via  tudo cheio de entulho de novo. As pessoas vinham a noite e jogavam o lixo delas aqui.”

O fiscal da Secretaria de Meio Ambiente, Vanderlei Marques, disse que dentro do perímetro urbano de Cascavel nascem 18 rios. “Esta é uma riqueza que poucos municípios possuem, por isso precisamos preservar e  qualquer pessoa pode denunciar de forma anônima  os poluidores  dos mananciais e do meio ambiente. É só ligar para o 156, 190 e 153”, afirma.

Marques disse que 60% de todo o material descartado no local são recicláveis e os volumosos podem ser recolhidos pela prefeitura, assim como o lixo doméstico. Os números para agendar a coleta destes materiais  são : 3902 3568 ou 3902 3569.

“Então não há necessidade de jogar esse lixo e entulho no rio, é só agendar com a Secretaria de Meio Ambiente que tudo é recolhido. Temos que acabar com esta cultura, não podemos  desanimar, temos que continuar e acreditar que  um dia  toda esta área  será preservada, e cuidada, nós confiamos que as crianças possam ser o diferencial na preservação do meio ambiente”, conclui.

Confira no link abaixo a reportagem sobre o Córrego bezerra:

https://www.instagram.com/tv/CNF8JzIBUaP/?igshid=ofim8vyv7sb1

Foto e Texto: Secom Cascavel

Related posts

Leave a Comment