Comissão denuncia ao MP condições de moradias no Pazinatto

A Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara, representada pelos vereadores Celso Dal Molin (PL), Beth Leal (Republicanos) e Tiago Almeida (DEM) protocolou nesta quarta-feira (24) uma denúncia e pedido de providências urgentes e imediatas no Ministério Público Federal. Dal Molin pede ao procurador Carlos Henrique Macedo Barra apure as denúncias realizadas pelos moradores do conjunto Residencial Pazinatto em relação às péssimas condições das moradias entregues pela Construtora Cidade Bela com aval da Caixa Econômica Federal.

O caso já foi denunciado repetidas vezes pela Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor ao Procon, Ministério Público Estadual e Federal e em processos judiciais. No entanto, em nova visita realizada ao local nesta semana, os vereadores constataram que os moradores ainda estão sofrendo com as inundações nos imóveis, causadas pelas péssimas condições da construção e dos materiais utilizados, prejudicando inclusive a parte elétrica das casas; desmoronamento do teto com visível risco de desabamento e inércia da Defesa Civil, que apenas constatou os fatos e declarou que depende do Ministério Público para tomar outras providências.

“O que estou vendo ali no residencial Pazinatto não é só prejuízo financeiro destas famílias com estes problemas nas casas, mas risco iminente à vida e à saúde destes moradores”, criticou Celso Dal Molin. Segundo ele, a pandemia agravou ainda mais a situação de vulnerabilidade das famílias, que não têm para onde ir e precisam se manter dentro das residências, além de continuar pagando por casas onde não se sentem seguros para continuar vivendo.

Assessoria de Imprensa/CMC

Related posts

Leave a Comment