Casal de pastores morre de Covid-19 em dois dias e deixa dois filhos com deficiência

Um casal de pastores morreu de Covid-19 na cidade do Guarujá, no litoral paulista.

Os pastores Manuel Reginaldo Gonçalves de Oliveira, de 66 anos, e a esposa dele Ednalva Gonçalves de Oliveira, de 63, morreram em um intervalo de dois dias, segundo informou o Portal G1.

Eles estavam casados há 43 anos e cuidavam de dois filhos com deficiência. Segundo a família, tudo aconteceu muito rápido.

“A preocupação da minha mãe, antes de entubar, era com os filhos, medo de nos deixar sozinhos. O pior de tudo é a solidão, não poder dar um abraço”, diz a operadora de caixa Vanessa Gonçalves de Oliveira, de 42 anos, filha do casal.

Vanessa conta que o casal passou a apresentar os primeiros sintomas no fim de novembro, mas, a princípio, imaginava que poderia ser apenas uma gripe. Com a persistência dos sintomas, eles procuraram unidades de saúde do município e descobriram que se tratava de Covid-19. Os pastores se isolaram e passaram a fazer tratamento imediatamente. No entanto, apesar dos cuidados, o casal apresentou piora e precisou ser internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

(As informações são do Portal G1)

Relacionadas

Leave a Comment