Avaí segura pressão da Chapecoense e conquista título catarinense

O Avaí é o campeão catarinense de 2021. O empate por 1 a 1 com a Chapecoense nesta quarta-feira (26), na Arena Condá, em Chapecó (SC), assegurou o 18º título estadual ao Leão da Ilha, que se igualou ao rival Figueirense como maior vencedor em Santa Catarina. O time dirigido por Claudinei Oliveira se beneficiou da vitória por 2 a 1 no jogo de ida da final, no último domingo (23), na Ressacada, em Florianópolis.

Precisando vencer para levar o bicampeonato, o Verdão do Oeste teve dificuldades para se desvencilhar da marcação sob pressão avaiana. A partir dos 30 minutos, porém, a Chape teve o controle das ações e quase abriu o placar. A trave, após tentativa do meia Fabinho, e o goleiro Gledson salvaram o Leão no primeiro tempo.

Na etapa final, os anfitriões se lançaram ao ataque, mas quem balançou as redes primeiro foi o Avaí. Aos 25 minutos, o atacante Renato avançou pela direita e rolou para dentro da área. O meia Giovanni apareceu finalizando e abriu o placar. A Chape ainda empatou nos acréscimos, aos 50 minutos, em cabeçada do atacante Perotti, artilheiro do Estadual com 14 gols. Tarde demais para buscar a virada que daria o título, que acabou indo para Florianópolis.

O Avaí encerrou o Catarinense com dez vitórias, cinco empates e apenas duas derrotas. O sistema defensivo foi a principal arma da equipe, com apenas oito gols sofridos em 17 partidas. O Leão ostenta uma invencibilidade de 15 jogos em 2021.

“Foi um trabalho muito bem-feito, por toda a comissão e jogadores. Depois dos tempos difíceis que passamos, acho que [o título] veio para coroar nosso trabalho. Fico feliz por entrar mais uma vez para a história do clube que mais vezes vesti a camisa [na carreira]”, disse o zagueiro Betão, capitão avaiano, em depoimento às redes sociais do Leão após a partida.

Passado o Estadual, as equipes se voltam para os respectivos Campeonatos Brasileiros. No sábado (29), o Avaí estreia na Série B diante do Coritiba, às 18h15 (horário de Brasília). O duelo está marcado para o Couto Pereira, mas como a cidade de Curitiba vive restrições devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), o local da partida pode ser alterado. No mesmo horário, mas no domingo (30), a Chapecoense recebe o Red Bull Bragantino na Arena Condá, no retorno do Verdão à Série A.

(Agência Brasil)

Relacionadas

Leave a Comment