Após dez anos, Cascavel volta a ter contas aprovadas sem ressalvas pelo TCE-PR

As prestações de contas do Município de Cascavel referente aos anos de 2018 e 2019 foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR). Os conselheiros seguiram o relatório do acórdão e aprovaram, sem ressalvas, as contas dos dois exercícios. Na última década, as aprovações sem qualquer ressalva só aconteceram na gestão do prefeito Leonaldo Paranhos.

As contas também foram aprovadas pela Comissão de Finanças da Câmara de Vereadores de Cascavel. A comissão aprovou o relatório nesta segunda-feira (10).

Em 2017, primeiro ano do primeiro mandato de Paranhos, quando o orçamento executado foi deixado pela gestão anterior, houve uma ressalva por conta de um documento que deixou de ser anexado, mas foi prontamente corrigido. Nos anos anteriores, sempre houve ressalvas ou recomendações pelo órgão fiscalizador.

Ressalva significa que a aprovação ocorreu, mas ficou uma observação que evidencia a existência de alguma irregularidade, embora esta não tenha sido reputada capaz de inviabilizar a aprovação.

O zelo com o dinheiro público sempre deu a tônica da administração nos últimos quatro anos. O prefeito Paranhos tem determinado fiscalização rígida no cumprimento dos contratos e ele mesmo faz questão de acompanhar de perto a aplicação dos recursos financeiros. “Transparência e zelo com o dinheiro público devem nortear a gestão pública.  “Saímos de uma economia média de 10% para 32% nas licitações, mas aumentamos a fiscalização nos processos de compras. Para isso criamos uma secretaria específica [Casa Civil – Secretaria da Transparência, da Prevenção e Combate à Corrupção], que tem justamente a função de analisar processos e acompanhar a entrega de produtos e serviços”, destaca o prefeito.

Foto e Texto: Secom Cascavel

Relacionadas

Leave a Comment