Pressão de evangélicos ajudou a encaminhar decisão de Trump sobre Jerusalém

Evangélicos dos Estados Unidos pressionaram o presidente Donald Trump a reconhecer Jerusalém como capital de Israel e transferir a embaixada norte-americana. De acordo com informações da Agência Reuters, após as eleições embora Trump não tenha renovado a promessa, assessores cristãos conservadores do presidente republicano insistiram no assunto em reuniões na Casa Branca. Citando fontes como ativistas conservadores, a Reuters informou que o presidente foi induzido na sua decisão. “Não tenho dúvida de que os evangélicos desempenharam um papel significativo nesta decisão”, disse Johnnie Moore, pastor da Califórnia que atua como…

Leia Mais

Trump pode reconhecer nesta quarta-feira Jerusalém como a capital de Israel

O presidente americano Donald Trump pode reconhecer na quarta-feira Jerusalém como a capital de Israel, segundo autoridades americanas consultadas pela agência de notícias Reuters. As especulações sobre um pronunciamento definitivo de Trump a respeito do tema aumentaram após o mandatário ter perdido na semana passada a data-limite em que deveria justificar a permanência da embaixada americana em Tel -Aviv. Nesta terça-feira, em telefonema ao presidente Mahmoud Abbas, Trump admitiu a intenção de transferir a embaixada dos Estados Unidos em Tel-Aviv para Jerusalém, segundo a CNN, aumentando ainda mais a expectativa em torno de um pronunciamento. Segundo o porta-voz da Autoridade Palestina,…

Leia Mais