Retiro reúne moradores de rua em Cascavel

Retiros espirituais com mensagens de fé, louvor e lazer envolvendo casais, famílias ou jovens são comuns tanto nas denominações evangélicas, porém, um ministério de Cascavel decidiu fazer um retiro diferente, voltado para moradores de rua.

O evento aconteceu de 5 a 7 de outubro na Chácara Compagnoni, na saída para Foz do Iguaçu, e foi organizado pelo Ministério Vinde Amados Meus (Mevam), que há anos trabalha com moradores em situação de rua na cidade. Por meio do Mevam, várias pessoas já deixaram às ruas e hoje possuem emprego e moradia.

De acordo com o pastor Nildo Alves a proposta ao passar os três dias ao lado de moradores de rua para observar quantos deles estão interessados em uma mudança de vida. “Nosso propósito maior é estar com eles tendo um tempo de recreação, de palavra, de brincadeira, tempo de estudos”, destacou.

Bíblico

O pastor lembra que a Bíblia recomenda que é preciso dar proteção às pessoas que se encontram em situação de miserabilidade. Ele cita como exemplo o texto de Provérbios capítulo 21, versículo 13: “Quem fecha os ouvidos ao clamor dos pobres também clamará e não terá resposta”, diz o provérbio bíblico.

Ele vai além e aponta para outra recomendação bíblica, que ensina levar justiça social para as pessoas necessitadas. “Erga a voz e julgue com justiça; defenda os direitos dos pobres e dos necessitados”, diz citando outro texto do livro de Provérbios. “É o que nós estamos tentando fazer”, completa.

De sexta até domingo, os moradores de rua tiveram momentos especiais, como a participação de um churrasco para interação entre eles.

Também aconteceu o “Momento Beleza”, quando homens ganharam corte de cabelo, roupas novas e as mulheres passaram por sessões de maquiagem, além de cuidados com cabelos e sobrancelhas. Houve até momento de sessão fotográfica.

Renda revertida para projeto missionário. Vendas apenas em Cascavel

Deixe uma resposta