Por uma geração mais “conectada”!

Uma conexão que não oscile e nem falhe: é disso que a Juventude Metodista de Cascavel está falando…

Por Emanoelle Beltran

Parece até ironia pedir para que a geração – nascida com a tecnologia – seja mais conectada. Mas não é exatamente sobre tabletes, smartphones, redes sociais e as infinitas possibilidades que o mundo digital proporciona, que estamos falando. É sobre uma conexão que independe de aparelhos eletrônicos.

“Essa é uma geração que domina a internet, que pode acessar qualquer canto do mundo pela ponta dos dedos, e que lida muito bem com tudo o que é novo. Então nosso desafio, enquanto liderança, é envolver nossos jovens em uma programação atrativa dentro da igreja, ir além do superficial, que haja realmente um relacionamento entre eles e principalmente com Jesus”, conta Renato Muller, líder do Connect – Juventude Metodista de Cascavel.

Os encontros acontecem todos os sábados, com endereço e horário fixos: sempre às 19h, no templo da Rua Natal (866, esquina com a rua Presidente Bernardes). E para que a conexão do grupo não termine ali, junto com o “amém” do final do culto, as atividades seguem no refeitório da igreja, que ganhou reforma e foi “equipado” especialmente para a juventude. Tem mesa de jogos, pufes, som e sempre um lanche é oferecido.

A cada fim de semana uma surpresa, uma dinâmica diferente de culto. O Talk Show – Profissões, que já caiu no gosto da galera, é um exemplo. “Uma vez por mês, a gente convida um profissional que seja cristão, pra vir falar sobre a sua área de atuação, como é a sua rotina, trazer a realidade do mercado de trabalho, relatar como é a sua experiência profissional e sobretudo, contar quais os desafios de ser cristão “lá fora”. A gente encontrou neste quadro uma forma de aproximar os nossos jovens às profissões, já que muitos deles ainda estão na fase de vestibular, cursinhos e faculdade, e ao mesmo tempo, serem impactados através dos testemunhos destes profissionais”, explica Renato. E aí a criatividade ganha espaço: o bate-papo é cercado por descontração, com direito a banda e cenário especial a cada entrevista.

Celebrado em 17 de março, o Dia Nacional da Juventude Metodista, também não passou em branco. A comemoração teve início no Ciro Nardi, com momentos de alegria e lazer e terminou com um lindo Luau: “Jesus, Voz e Violão”, mais uma vez propiciando experiências e momentos de louvor, adoração e comunhão.

O Seminário de Autoconhecimento, realizado no final de março, foi mais um marco do Connect, despertando curiosidades e sanando muitas dúvidas que cercam, em especial, o dia a dia de um jovem. Os temas “Temperamentos”, “Missão e Propósito” e “As cinco linguagens do amor”, abordados através de palestras e dinâmicas, tiveram como objetivo fazer a cada um olhar pra dentro de si, de uma maneira mais profunda.

E a partir de abril, o “Start”, que é um grupo de discipulado, ganha vida no cronograma do Connect. A ideia é manter os jovens conectados conforme a faixa-etária de cada um, para compartilhar experiências e aprendizados, acompanhados de um facilitador. Por isso a programação no sábado começa sempre às 19h.

Para saber mais sobre os cultos e eventos do Connect é só acessar a fanpage: facebook.com/connectmetodista.

Deixe uma resposta