Pastor José Florêncio recebe título de Cidadão Honorário do Paraná

A Assembleia Legislativa do Paraná realizou sessão solene nesta sexta-feira (8) para entregar o título de Cidadão Honorário do Paraná ao pastor José Florêncio da Silva, conforme proposição do deputado Stephanes Júnior (PSB). Nascido em Garanhuns (PE), José Florêncio chegou ao Paraná em 1969, já para exercer atividade evangélica, principalmente voltada à ação social. Hoje ele é o gerente administrativo da Confederação Evangélica de Assistência Social do Paraná – CEASPA, responsável pelo Lar Esperança I, Lar Esperança II, Boa Esperança e Casa do Vovô, as quatro entidades localizadas em Curitiba e dedicadas a atender pessoas carentes.

Stephanes destacou a importância do trabalho social realizado por José Florêncio, como exemplo de dedicação e solidariedade, capaz de levar conforto e apoio a quem atravessa momentos difíceis: “As pessoas chegam fragilizadas, o pastor as resgata, bem como aos familiares que as acompanham, encaminhando para os atendimentos de saúde. É um trabalho difícil e exigente, que merece todo nosso reconhecimento”. Sem esconder a emoção, o pastor disse que esta homenagem é um dos melhores presentes que recebe do Paraná após mais de quatro décadas de um trabalho que realiza com prazer e alegria: “Para atuar com voluntariado é preciso dom, o chamado de Deus e a vontade. Não tem hora, não tem dia, trabalhando pela fé”.

A Mesa de Honra dos Trabalhos foi composta por Stephanes; o pastor José Florêncio; a deputada Cantora Mara Lima (PSDB); o desembargador Gamaliel Seme Scaff; o pastor Perci Fontoura, presidente da Convenção das Igrejas Evangélicas da Assembleia de Deus no Paraná; o pastor Wagner Tadeu os Santos Gaby, presidente da Assembleia de Deus de Curitiba; o pastor Arlindo Vieira, presidente da Confederação Evangélica de Assistência Social do Estado do Paraná; o pastor Paschoal Piragine, presidente da Primeira Igreja Batista de Curitiba; e André Zacarow, ex-deputado federal.

Pastor José Florêncio da Silva ( Foto: Noemi Froes/Alep)

Intensa atividade social

Formado em Teologia pela Faculdade de Lorena (SP), o homenageado trabalhou como relações públicas na Sociedade Evangélica Beneficente de Curitiba, mantenedora do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba e da Faculdade Evangélica do Paraná. Presidiu a Ordem dos Ministros Evangélicos do Brasil / Conselho Estadual do Paraná, que representa membros presbíteros, evangelistas, missionários, pastores e ministros do Evangelho de 18 denominações, e foi “Destaque Nacional” pela Frente Parlamentar Evangélica da Câmara dos Deputados em 2004.

Consagrado pastor em 1978, foi convidado a assumir a igreja do município de Nova Esperança. No ano seguinte tornou-se pastor nos municípios de Mauá da Serra, Guaíra e Laranjeiras do Sul, prestando trabalhos assistenciais em todos os locais por onde passou. Em 1985 voltou a atuar na CEASPA, instituída pela Convenção das Igrejas Evangélicas Assembleia de Deus no Estado do Paraná, sem fins lucrativos, voltada a atender a população carente. As quatro executoras da CEASPA em Curitiba atendem cerca de 300 pessoas por dia.

O Lar Esperança I, localizado no bairro Bigorrilho, em Curitiba, tem capacidade para 50 leitos e socorre pessoas que vêm à capital em busca de atendimento de saúde, fornecendo hospedagem e alimentação; o Lar Esperança II, localizado no Campo Comprido, tem capacidade para 30 leitos e atende pessoas imunodeprimidas e convalescentes, sem vínculo familiar e sem residência fixa, fornecendo acolhimento integral; o Boa Esperança, situado no bairro Rebouças, tem capacidade para 250 leitos, atende pessoas em situação de rua, sendo 230 em regime de Casa de Passagem com pernoite, jantar e local para higiene pessoal, e 20 em regime de acolhimento, com pernoite, café da manhã, almoço, lanche e jantar; finalmente, a Casa do Vovô, no bairro Pinheirinho, tem capacidade para 20 leitos e atende pessoas acima de 60 anos, do sexo masculino, em regime de acolhimento integral.

Deixe uma resposta