Em Toledo: Pão asmo, ervas amargas e sandálias nos pés

Uma Comunidade Evangélica de Toledo comemorou a Páscoa na sexta-feira (30) de uma maneira muito aproximada com o ordenado a bíblia sagrada. Longe dos banquetes tradicionais, a Comunidade Beit Abba produziu pães asmos, colheu ervas amargas e partilha foi realizada entre famílias e membros.
Durante o preparo rápido para que o pão não tivesse nenhum tipo de levedura ou fermentação natural, as histórias do cristianismo foram lembradas e compartilhadas. Longe do consumismo e da comercialização da data de maior relevância para os cristãos, a festa preparada de forma festiva e simbólica foi resgatando a tradição tão presentes nas páginas da bíblia sagrada.
O legado do jovem mártir galileu, Jesus Cristo, foi lembrado e como símbolo do seu corpo e sangue. Mesmo tão distante da terra natal de seu maior líder,  seguidores de sua paixão e o legado do jovem mártir galileu, Jesus Cristo, foi lembrado e como símbolo do seu corpo e sangue. Mesmo tão distante da terra natal de seu maior líder,  seguidores de sua paixão e dedicação celebraram sua vida e ressurreição.

Deixe uma resposta