Caminhada das Luzes diz não ao aborto

No dia em que o Supremo Tribunal Federal (STF) começou a discutir a legalização do aborto, dezenas de pessoas foram às ruas de Cascavel para protestar contra o tema.

São pessoas ligadas a um movimento católico que, mesmo debaixo de chuva, decidiram se poscionar contra o aborto e fizeram uma caminhada pela Avenida Brasil que só terminou em frente ao prédio da Justiça Federal, na Avenida Tancredo Neves.

Com velas, faixas, citações bíblicas pró-vida e muita disposição, o grupo disse “sim à vida” e fixo cruzes no canteiro central da Avenida Tancredo Neves.

Para os organizadores, o Supremo está atropelando o desejo e a fé da maioria dos brasileiros ao colocar em pauta novamente a legalização do aborto no País.

Após a caminhada vários grupos estarão organizados em vigília de oração até a audiência pública agendada pelo STF (7 de agosto).

Evangélicos também prometem fazer um ato contra a decisão do STF.

Deixe uma resposta