Às vezes a caverna é necessária  

 

“Davi fugiu da cidade de Gate e foi para a caverna de Adulão. Quando seus irmãos e a família de seu pai souberam disso, foram até lá para encontrá-lo”.

(1º Samuel 22:1. NVI)

 Ali entrou numa caverna e passou a noite. E a palavra do Senhor veio a ele: “O que você está fazendo aqui, Elias?”

(1º Reis 19:9 NVI)

 

Por Luiz Carlos da Cruz

Os dois textos bíblicos acima mostram a caverna na vida de duas lideranças bíblicas do Antigo Testamento – Davi e Elias. É bom lembrar que Jacó também teve sua caverna após lutar com um anjo e temer ser morto por seu irmão Esaú.

Na caverna de Adulão, após ser perseguido por seu sogro Saul, Davi usou o local para se esconder. E quem estava com ele? A Bíblia relata que havia homem endividado e todos os amargurados de espírito. Como líder que era, Davi se fez chefe deles, cerca de 400 homens.

Elias, após matar 400 profetas de Baal, teve medo de uma mulher – Jezabel – e também parou na caverna.

A caverna na vida do cristão pode ser considerada uma fuga, uma maneira de fugir dos problemas, das angústias, porém, muitas vezes se faz absolutamente necessária.

Caverna é local de solidão. Assim somos nós, muitas vezes nos sentimos, como Davi ou Elias, perseguidos ou sós e procuramos uma caverna.

Provavelmente você já passou por essa experiência, de ter optado pela caverna ao invés de enfrentar um medo, um sentimento ou um problema.

É bem verdade que não podemos ficar na caverna para sempre, mas é lá que derramamos nossas lágrimas, buscamos um abrigo em Deus e somos socorridos por Ele. Às vezes precisamos dessa caverna para ouvirmos a Deus, coisa que não faríamos se estivesse tudo bem.

Sim, as cavernas da vida são necessárias. Precisamos, muitas vezes, nos recolhermos. Na caverna não temos ninguém para nos apoiarmos e, portanto, temos que ser sinceros. Na caverna é preciso sobreviver, não há como mentir, não temos máscaras, nem subterfúgios para fugir da dor.

É na caverna que ouvimos a Deus e aprendemos a ser obedientes. Porém, não podemos morrer na caverna. É preciso sair de lá… e fortalecido. Caverna é sinônimo de tratamento espiritual.

Luiz Carlos da Cruz é jornalista e editor do Portal Boas Notícias

Deixe uma resposta